terça-feira, 30 de março de 2010

Alimentação pós-parto (para a mamãe)


Preferir

- Ômega 3 (salmão, semente de linhaça, castanha do pará, rúcula, couve, espinafre) efeito antidepressivo.
- Vitaminas do complexo B ( levedo de cerveja, farelo de arroz, castanha do pará, farinha de trigo integral, gérmem de trigo, aveia em flocos) equilibra os hormônios femininos.
- Zinco, selênio e magnésio (castanha-do-pará, castanha de caju, amêndoas, nozes) evita a queda de cabelo.
- Cálcio (agrião, amêndoa, aveia, avelã, castanha do pará, couve-manteiga, gergelim) contribuem para o equilíbrio da produção do leite .
- Ferro (acelga, agrião, beterraba crua, carne de frango assada, flocos de cereais, melaço, folha de abóbora, folha de beterraba) evita anemia.
- Beber no mínimo 8 copos de água por dia.

Evitar

- Bebidas alcoólicas e cafeína (chá, coca-cola, chocolate) podem provocar gases no bebê.
- Leite de vaca e seus derivados (nos primeiros três meses após o parto) sua proteína é de difícil digestão que pode passar para o bebê através do leite materno provocando cólicas no bebê.
- Fazer dietas com restrição calórica.

Se a mamãe não está amamentando ou passou do peso recomendado da gestação é possível fazer uma dieta hipocalórica (com poucas calorias) individualizada que poderá ser prescrita por um nutricionista.

A fadiga, estresse e ansiedade podem prejudicar a produção de leite. Mamãe tenha um tempinho para você e amamente em um lugar tranquilo!

Quanto mais a mãe amamentar melhor para ela e para o bebê. A produção de leite consome cerca de 500 calorias por dia. Amamentar emagrece! Além de fortalecer o sistema imunológico do bebê.

Um comentário: